Visita Virtual à Exp. Carlos Chagas Filho                    Visita Virtual - English Version

Escolha um idioma e comece a navegar

A exposição A Química na história do universo, da terra e do corpo entende a  Química como ciência da transformação da matéria, por meio de uma abordagem  histórica e com suas implicações no cotidiano social. Nos últimos duzentos anos, a enorme expansão dos conhecimentos químicos e físicos deu aos materiais um irremediável valor, social e econômico. Associada ao remédio e ao veneno, ao bem estar e ao dopping, à energia que aquece e alimenta, à poluição, à contaminação e à pureza do ar, dos alimentos, dos ambientes, à produção de combustíveis, à energia que aquece e alimenta, a química marcou a evolução histórica do mundo e dos homens.

O que você encontra por aqui:

Para a Química atual, a fronteira do conhecido está cercada, de um lado, pelo meio ambiente, as mudanças climáticas e a sustentabilidade e, de outro, pela origem e a evolução do Universo.Você verá isso tudo nessa exposição.

Instrumentos como a retorta, os alambiques e os balões de destilação, vistos como pertencentes à alquimia, deram legitimidade à prática química. Eles permitiram estudos que não somente provocaram a alteração de doutrinas ou crenças, mas modificaram as próprias normas ou exigências de aplicação, fazendo evoluir as regras de demonstração e os critérios de validação, interferindo na sociedade. Hoje são os sofisticados aparelhos eletrônicos, como os cromatógrafos ou espectrógrafos, que permitem a química avançar e cada vez mais intervir na sociedade. Veja como a química ganhou subsídio das ciências naturais, principalmente da botânica e da mineralogia, atravessando a divisão natureza e da sociedade.

Quatro séculos depois, a Química está no centro dos debates que buscam encontrar o nexo da sobrevivência na Terra, sendo subsídio fundamental da Ecologia. Ao mesmo tempo, é a ciência que permite à Biologia manipular as estruturas do ser vivo, operando nos limites da ética científica, e à Astronomia ela ajuda a desvendar a história do Universo.

Fique por dentro:

O Museu de Astronomia e Ciências Afins é uma unidade de pesquisa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação, criada na cidade do Rio de Janeiro em 1985. Tem como missão ampliar o acesso da sociedade ao conhecimento científico e tecnológico por meio da pesquisa, preservação de acervos, divulgação e história da ciência e da tecnologia no Brasil.

Os pesquisadores e tecnologistas do MAST realizam estudos nas áreas da História da Ciência e da Tecnologia no Brasil, Educação em Ciências em Espaços não Formais, Museologia e Patrimônio da Ciência e Tecnologia. Há também pesquisas aplicadas nas áreas da divulgação da ciência, preservação e restauração de objetos metálicos e papel, turismo e tecnologia da informação.

Na área de divulgação da ciência estão entre os destaques a Observação do Céu, a Visita Orientada e a Visita Escolar, que deve ser agendada com antecedência. Nos finais de semana, há programação alternada para o público visitante, tais como: Ciclo de Palestras de Astronomia, Cine Ciência, Contando Mitos, Planetário Inflável, Cozinhando com a Química, Brincando de Matemático, ASTROmania e Faça você mesmo. As exposições permanentes e temporárias são exibidas no prédio sede, mas as exposições itinerantes tem por finalidade estender para escolas e outras instituições o trabalho desenvolvido no MAST.


 

Visite o Museu de Astronomia e Ciências Afins – MAST logo_mast

Rua General Bruce, 586.

Bairro Imperial de São Cristóvão.

Tel:+55(021) 3514 5200

e-mail: atendimento@mast.br

Site: http://www.mast.br/

Horários de visita:

Biblioteca: 2ª a 6ª, de 9h às 17h

Arquivo de História da Ciência: 2ª a 6ª, 9h às 12h e 13h às 17h

Visite o Mast: Terça, Quinta e Sexta, 9h às 17h;

Quarta, 9h às 21h;

Sábado, 14h às 21h

Domingo e feriado, 14h às 18h